QUAL A SUA PROFISSÃO?

Cada área profissional tem suas diferentes características, podendo haver mudanças nos requisitos para a aposentadoria, bem como para demais benefícios.

 

CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE CADA ATIVIDADE PROFISSIONAL

A cada trabalhador, um atendimento especializado!

SAPATEIRO, OUTROS PROFISSIONAIS DA INDÚSTRIA CALÇADISTA

A atividade na indústria do calçado requer, por diversas vezes, o contato com produtos químicos (cola, solventes, graxas e etc), máquinas diversas (prensas, máquinas de costura, máquinas de corte e etc), bem como uma série de condições que podem ser prejudiciais a saúde do trabalhador.

Em razão de tais condições de trabalho prejudiciais à saúde do trabalhador, o período assim trabalhado pode ser considerado especial, o que traz benefícios no momento da contagem do tempo de contribuição e na aposentadoria.

CAMINHONEIRO

Análise de periculosidade, penosidade e insalubridade. A atividade de caminhoneiro, a depender das condições em que é exercida, impõe o contato com diversos riscos, condições penosas de trabalho, dentre outros fatores de risco, podendo ainda conter fatores geradores de insalubridade.

Ao longo dos anos, nossa equipe adquiriu a experiência e os conhecimentos necessários para tornar esse processo o mais simples possível. Vamos estabelecer objetivos e alinhar expectativas. Se tiver dúvidas, basta entrar em contato conosco.

PROFESSOR

A profissão raiz de todas as outras!

A legislação específica para atividade de professor garante benefícios mínimos para aposentadoria dessa classe profissional tão importante.
Homens têm idade mínima de 55 anos e o mínimo de contribuição de 30 anos. As mulheres têm uma redução de 5 anos, com idade mínima de 50 anos e contribuição de 25 anos. Contudo, existem várias outras questões a serem consideradas que são analisadas em cada caso concreto.

VIGILANTE

Quando tratamos da atividade de vigilante, o principal agente nocivo é a periculosidade, que é associada ao “risco à integridade física”.
A maior parte das decisões dos Tribunais são no sentido de que as atividades de vigilantes exercidas até 28/04/1995 devem ser reconhecidas como especiais em decorrência do enquadramento por categoria profissional. Após a referida data, o reconhecimento da especialidade da atividade de vigilante passou a depender da comprovação da efetiva exposição a periculosidade, independente do uso de arma de fogo ou não.
Contudo, ainda existe debate nos julgamentos a respeito da necessidade do uso de arma de fogo como requisito para comprovação da periculosidade da atividade.

Este é um dos nossos serviços mais populares, e nossa agenda costuma ficar cheia rapidamente. Independentemente da sua necessidade jurídica, fique tranquilo, pois oferecemos todos os recursos e as orientações para que você tenha sucesso.

MÉDICO, ENFERMEIRO, ODONTÓLOGO, AUX. DE ENFERMAGEM, OPERADOR DE RAIO X, E OUTROS PROFISSIONAIS DA SAÚDE

O risco biológico

Nos estabelecimentos hospitalares, ambulatórios, entre outros, há exposição dos profissionais de saúde a agentes biológicos, mesmo que os pacientes não sejam portadores de doença infecto-contagiosas, como confirmado na maioria dos estudos contidos na bibliografia sobre a matéria. (...)
Em função dos ambientes hospitalares serem complexos e considerados insalubres, os trabalhadores estão expostos a inúmeros riscos durante o desenvolvimento de seu processo de trabalho. Como resultados, existem riscos potenciais aos quais podem estar expostos, dependendo da atividade que desenvolvem (NISHIDE, 2004).
Os profissionais de saúde que estão em contato direito com os pacientes em qualquer ambiente de cuidados da saúde, estão expostos a uma série de riscos específicos, incluindo risco de contrair doenças dos pacientes. (SALIBA, Tuffi Messias. Aposentadoria especial: aspectos técnicos para caracterização. São Paulo: LTr, 2016. pp. 66/67.)

FRENTISTA

Insalubridade e Periculosidade

Geralmente é possível enquadramento como especial da atividade dos Frentistas por implicar contato habitual e permanente com hidrocarbonetos aromáticos (quando do abastecimento de veículos e de outras atribuições como na troca de óleos), além do fato de caracterizar-se como atividade periculosa (decorrente do trabalho em ambientes com grande quantidade de combustíveis).

ELETRICISTA

Profissional e completo

Decisões jurídicas podem ser difíceis e complicadas, por isso é tão importante ter uma abordagem fundamentada em informações corretas. Contratando nossos serviços, pode ter certeza de que estaremos com você em todas as etapas do processo.

ENGENHEIRO

Consultoria especializada

É firme a Jurisprudência considerar para fins de contagem de tempo especial, a atividade desenvolvida por engenheiro anteriormente à vigência da Lei nº 9.032/95, tendo em vista o disposto no item 2.1.1 do Quadro Anexo do Decreto nº 53.831/64, aplicando-se o critério da presunção legal por grupo profissional. Outrossim, a atividade exercida após tal data, depende de comprovação da efetiva exposição a fatores de risco, o que requer a avaliação individualisada de cada caso.

NÃO ENCONTROU SUA PROFISSÃO?

Abordagem previdenciária personalizada

Entre em contato para analisarmos seu caso especificamente e  com mais detalhes, podermos lhe auxiliar na medida a sua necessidade, a fim de direcionar as melhores providências as errem adotadas.

 

©2019 by Allan Dyego Advocacia. Proudly created with Wix.com